SINTONIA . CONHECIMENTO DIRETO . CELEBRAÇÃO fortalecimento interno . consciência . integração . agni@agni-ec.com.br


sábado, 2 de março de 2013


A AÇÃO DO OUTRO
extrato mensagem amigo espiritual Joaquim

"Tudo aquilo que você pensa sobre os demais seres humanos é  irreal. Eles não são do jeito que você imagina, mas estão vivendo uma realidade material como prova para eles mesmos."

O nervosinho não é nervoso, mas este estado de espírito é a prova dele; o sofredor não é deste jeito, mas esta forma de compreender a vida é necessária para a criação de suas ações carmáticas.
Assim como os seus pensamentos e as suas sensações são instrumentos da sua ação carmática, as do outro também o são. É preciso compreender que todos os seres humanos são planejados com os componentes necessários para criar as suas ações carmáticas que servirão como prova ao espírito.
Mas, se ele está vivendo a sua ação carmática ao estar nervoso, por que foi vivenciá-la justamente na sua frente? Porque esta é a sua ação carmática, a sua prova. A dele é de ser ...a sua é de aprender a conviver com equanimidade com os nervosos.
Ele vivencia a prova dele e com isto cria a situação para que você vivencie a sua. No entanto, este serviço não é tão altruísta quanto você imagina. Você também está se aproveitando da história do outro. Sem ele, você não teria como realizar suas provas, pois não haveriam os acontecimentos, as ações carmáticas. É por isto que mesmo ainda durante as idades pré-históricas o homem se agrupou em sociedade.
É preciso a ação do próximo para que o ego lhe envie os pensamentos para que você se liberte deles, não se deixando levar pela exultação do prazer ou pela depressão da dor que ele lhe propõe e mantenha-se na equanimidade.
Portanto, cada vez que o ego lhe disser que aquele ser humano é amigo _ porque faz o que você quer e por isto deve estar sempre junto dele _ ou inimigo _ porque lhe faz mal e deve afastar-se dele_ liberte-se destes pensamentos.

"Compreenda que todos são espíritos irmãos e que estão juntos para se auxiliarem mutuamente provocando ações carmáticas um para o outro de tal forma que os dois aproveitem a bênção da encarnação para se elevarem."

Nenhum comentário:

Postar um comentário