SINTONIA . CONHECIMENTO DIRETO . CELEBRAÇÃO fortalecimento interno . consciência . integração . agni@agni-ec.com.br


domingo, 28 de dezembro de 2014

a quadra de ouro
REVELAR-SE
ACEITAR-SE
AMAR-SE
IRRADIAR-SE

Nosso trabalho em AGNI é dedicado à consciência e vivência da Luz, da Paz e do Amor.
Seguir os passos do revelar-se, aceitar-se, amar-se e irradiar-se para chegar a amar a deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.
É trabalho contínuo, de percepção refinada e reconhecimento da Perfeição em tudo o que há. Perfeição, especialmente no acolhimento da própria vida tal qual ela se apresenta_ com seus desafios e suas benesses_ que, em última análise é só o que temos para fazer.
É trabalho de consciência de aprender a tornar-se aliado da própria vida, vivenciando-a em paz e serenidade.
De integrar-se ao todo, vivendo cada agora em entrega e confiança, procurando escapar das armadilhas da mente.
De aprender a eliminar ou minimizar os ‘atritos’ e os ‘rangeres de dente’ que surgem quando o ‘meu’ querer se contrapõe ao que está.
De aprender a navegar a favor da correnteza da Vida, para dai extrair a melhor síntese possível para si, no seu trabalho de evolução interior.

revelar-se
“Revelar-se” é o complexo processo de vir se reconhecendo como ‘ser de luz’ e fazendo crescer em si a consciência da importância de se viver pelo que se é em essência, saindo gradativamente da ilusão da matrix material, humana, egoísta.
É um processo que requer dedicação e atenção constantes. 

aceitar-se
“Aceitar-se” naquilo que é seu. nas suas ‘belezuras e nas suas feiuras’, ou seja, naquilo que cada um tem de potencialidades e limitações.
Potencialidades para tomar posse delas, não se omitir, não se dissimular, não se intimidar... e aprender a usá-las com mestria, na justa proporção, em benefício do todo.
Limitações para reconhecê-las, parando de negá-las...cessando de se eximir e atribuí-las aos outros.... Aceitá-las e usá-las também de modo proveitoso, na justa proporção e na justa adequação...em benefício do todo.

amar-se
“Amar-se” é acolher-se naquilo que se revelou e se aceitou de si, com amorosidade. Com gratidão pela possibilidade...com amor pelo reconhecimento da originalidade de si próprio. Há somente um  si próprio em todo o universo. A quem cabe vivenciar o seu ‘ a que veio’ em paz e serenidade. O universo aguarda e necessita que cada um faça a sua parte na expressão da sua originalidade...na contribuição da sua  parcela única....em benefício do todo.

irradiar-se
E aí só resta “irradiar-se”. Em beleza e verdade.
Aquele que está em paz e serenidade, em relação íntima de aliança com a própria vida, reconhecendo a Perfeição em tudo o que há e manifestando a originalidade exclusiva de seu próprio ser, a serviço desta Perfeição,  vem cada vez mais,  passando do escuro da densidade para o brilho do irradiar-se em luz.
É esta a contribuição para o todo. Amar a Deus sobre todas as coisas, reconhecendo a Perfeição, Inteligência, Justiça, Amor, em tudo o há. E amando ao próximo e a tudo, como a si mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário