SINTONIA . CONHECIMENTO DIRETO . CELEBRAÇÃO fortalecimento interno . consciência . integração . agni@agni-ec.com.br


quarta-feira, 14 de agosto de 2013

O PENSAMENTO FIXADO NO ‘DOMINAR’ . parte 3 
(texto inspirado nas palavras do amigo espiritual Joaquim em preparando-se para viver)

parte 1
parte 2 .

ESTAR PREPARADO PARA A VIDA Estar preparado para a vida é entrar numa empreitada, sabendo que pode acontecer de tudo dar certo ou não! (certo ou não...só na visão de cada um...)
Estar preparado para a vida é saber que cada um é diferente do outro; saber que cada um tem a sua individualidade, que lidera vontades, desejos, ações, diferentes da sua; saber que a cada relação são duas individualidades, dois conjuntos de princípios diferentes, um querendo obter vitória sobre o outro. E a vida decide quem leva a vitória...
Isto é se preparar para a vida! Quem se prepara para a vida, além de saber que ele só quer ganhar, sabe que necessariamente haverá momentos em que o outro irá ganhar. E quando souber isto? Na hora em que o outro ganhar, não sofrerá contrariedade.
É tão simples! E nesta simplicidade está a grande complexidade...
É reconhecer a alternância que ‘sempre’ atua no funcionamento, no mecanismo da vida. Às vezes há ganho, às vezes há perda. Portanto, se este é o mecanismo da vida, como posso pretender que ele funcione diferente?! Como posso pretender algo que é impossível?!
Reconhecer o mecanismo da vida, saber como ele atua e se preparar para a vida, é ter a inteligência para vivê-la em felicidade.
Exercitar-se em dar ao outro o direito de ganhar, de ter sua opinião validada, de ter o seu querer satisfeito, faz com que, quando a vida apresentar uma situação assim em sua vida, você não se sinta contrariado e nem sofredor.
O sistema humano de viver a vida preconiza o domínio.
O sistema espiritual de viver a vida não se aflige com o perder, porque sabe que sempre há o ganhar e o perder em alternância. E quem define o ganhar e o perder é a vida. Independente do nosso querer, do nosso fazer, do nosso preparo, das nossas relações, das nossas condições técnicas, pessoais, financeiras... Enfim, independente de qualquer condição humana, há outro mecanismo que rege estas definições.
A única forma de chegar a expressar a verdade que já está em cada um, é vir ‘retirando’ os mecanismos artificiais de aprisionamento, abrindo a ‘camisa de força’ das limitações auto impostas pelas crenças e pelos conceitos. ‘E vir se limpando do que não se é!’ Para permitir que o que é irradie a sua luz.
Portanto, tudo o que nos cabe fazer é optarmos pela forma como vamos viver o que a vida nos oferece para viver em cada agora.
Em qualquer atividade, projeto, relação, fazermos a nossa parte em serenidade, oferecendo o nosso melhor, cientes de que cabe à vida a resposta final de perda ou de ganho.

O sistema espiritual de viver a vida diz: ‘viva a vida sem condicionar a sua felicidade a nada’; ‘viva feliz, de forma incondicional, livre das condições’...não esteja obcecado por ter:  o emprego ideal, a família ideal, a saúde perfeita, o reconhecimento dos outros, o dinheiro,  qualquer coisa para ser feliz. Você pode ser feliz já, agora, sem condições; dê ao outro o mesmo direito que você quer ter. Amar ao outro é dar a ele o mesmo que você quer para si, ganhar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário