SINTONIA . CONHECIMENTO DIRETO . CELEBRAÇÃO fortalecimento interno . consciência . integração . agni@agni-ec.com.br


terça-feira, 27 de agosto de 2013

mas como viver o amor universal? será possível?
o evangelho do tomé  diz que viver o amor universal é  viver em alegria, compaixão e igualdade...
então, o que é viver em alegria?
viver em alegria é viver com leveza...com serenidade .. não porque a vida esteja  trazendo uma satisfação pessoal....mas na certeza de que há só uma ação e só uma atividade presente na nossa vida... e tudo está de acordo com ela...
e essa ação é  inteligência suprema... justiça perfeita....amor sublime...então, se é assim... isso só pode ser motivo de alegria... é essa confiança que traz essa nota de alegria pra nossa vida...
alegria também pode ser viver em estado de gratidão
o exercício da gratidão traz pra nós uma alegria muito grande ....e a partir do momento em que isso vai se tornando uma prática, uma constante....a gente pode perceber como vai mudando a nossa vibração diante das coisas que nos acontecem...
então esta é a alegria como manifestação do amor universal...
ai tem a compaixão...viver a compaixão como manifestação do amor universal...
e o que é a compaixão?
a compaixão....a gente pode definir como a consciência do sofrimento que a gente pode pode causar a nós mesmos ou ao outro. quando a gente utiliza a compaixão a gente evita  provocar sofrimento ao próximo....quando a compaixão vem crescendo em nós... a gente vem tendo mais consciência do sofrimento que a gente pode causar nos outros e em nós mesmos....
porque ficando fechado na própria verdade da gente... muitas vezes a gente  nem alcança a consciência de que está ferindo os irmãos... que está espalhando a infelicidade e a tristeza, que está acabando com a felicidade.
então...compaixão é sair do próprio egoísmo...do olhar as coisas a partir de si...e vir afinando essa sensibilidade .. de conseguir se colocar no lugar do outro...
a compaixão não é sofrer o sofrimento, mas repassar alegria para auxiliar o irmão....
e o terceiro ponto pra se viver o amor universal é a igualdade...
e o que é a igualdade?
é aceitar cada um como é...
e aceitar inclusive a si próprio como a gente é...
sem querer mudar...ensinar...mostrar o certo...o melhor...
conceder a igualdade é conceder a todos o direito de acharem e fazerem o que quiserem...e eles vão estar sempre ‘certos’...cada um dentro dos seus conceitos...mesmo que prá nós muitas vezes esteja parecendo algo absurdo mesmo...
isso é a igualdade...todos são iguais nas suas diferenças...
amar universalmente é amar por amar... sem condições....manifestando em tudo a alegria, a compaixão, a igualdade... 
será possível?

Nenhum comentário:

Postar um comentário