SINTONIA . CONHECIMENTO DIRETO . CELEBRAÇÃO fortalecimento interno . consciência . integração . agni@agni-ec.com.br


sexta-feira, 6 de setembro de 2013

UM MUNDO DE VIBRAÇÕES

‘Quando não se sobe na Luz, que é conhecimento e pureza, desce-se.’
A Lei da Vibrações diz que tudo no Universo vibra, tudo é vibração: o fogo, a luz, o ar, a água e a matéria densa que se apresenta opaca e resistente. O crime, a inveja, o ciúme, a falsidade, a discórdia, o ódio e tudo o que se chama defeito, tem vibrações lentas e pesadas. Para se entrar na paz e na felicidade, é preciso aumentar a taxa das vibrações e mantê-las sempre acima da discórdia. Certamente não é fácil, mas é necessário.
E como fazê-lo? Dando alimento energético para fazer crescer em si, a equanimidade, um estado de serenidade diante do que quer que seja que a vida apresente. Cobrindo tudo com a luz dos pensamentos, sentimentos harmoniosos, pois eles são vibrações poderosas.
Quanto mais lentas forem as vibrações dos humanos, mais eles se aproximam do reino animal; há que elevarmos nossas vibrações para chegarmos a ser os seres de luz que somos em estado potencial, na essência primeira. É preciso nos destacarmos do que é animal. E depois, nos destacarmos do que é humano. A diferença está na possibilidade que os homens têm de perceber DEUS EM SI. Temos o livre arbítrio de qualificar nossas vibrações e temos a sabedoria de seguir a voz divina que fala em nós.
Já que são os homens que criam a discórdia e a desordem, cabe a eles trabalharem pela sua elevação. Por seus pensamentos, por seus sentimentos e por suas palavras, a humanidade criou formas feitas de substância, vitalizadas por seus sentimentos e projetadas na atmosfera ao redor dela. A maioria destas formas é horrorosa demais para ser descrita em palavras. Não há ser humano que não as tenha feito em alguma medida em todas as suas vidas passadas e na vida presente. Todos sentiram a discórdia e a propagaram em pensamentos, sentimentos e palavras, além do que concordam em admitir.
Entretanto, a lei é a lei. Todo ser humano emprega energia tanto no estado de vigília como dormindo. Todos os humanos criam vibrações e formas-pensamento a todo momento. A lei age, quer o indivíduo seja ignorante ou consciente dela, e ninguém jamais lhe escapa.
As 'afirmações' dos decretos, os ‘benditos’ realizados pela voz humana emitem vibrações luminosas, que podem ser vistas por algumas pessoas. O verbo vibra e faz vibrar a matéria em torno dos seres. Feitas com pureza de coração, auxiliam a elevar o nível das vibrações e aproximar o ser dos atributos de equilíbrio e discernimento por ele invocados. A consciência expandida clareia a compreensão de que o indivíduo deve purificar suas próprias criações na busca do refinamento daquilo que irradia.
Daí a importância do trabalho sobre a quadra de ouro: o revelar-se, para se descobrir um ser de luz; o aceitar-se, para tomar consciência do tipo de criação que está emitindo para o mundo; o amar-se, para tomar posse do poder que há em si, de criar a sua realidade; o irradiar-se, para manifestar com consciência, no plano físico, a força e a luz do ser que é em essência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário