SINTONIA . CONHECIMENTO DIRETO . CELEBRAÇÃO fortalecimento interno . consciência . integração . agni@agni-ec.com.br


sábado, 25 de julho de 2015

ELEVAÇÃO SEM PAIXÃO
extratos do estudo O PODER DA FELICIDADE realizado pelo ‘amigo espiritual Joaquim’ que nos ajuda a tomarmos posse do poder gerador da felicidade, que todos temos e que nos confere autonomia sobre nosso estado de espírito (de felicidade ou sofrimento), tornando-nos ‘senhores de nós mesmos’.

O que é ter uma paixão? É viver alguma coisa com uma emoção específica.

Veja, não estou falando de paixão no sentido de gostar, porque não gostar também é ter uma paixão. Não estou falando na paixão como achar bonito, porque o não achar dessa forma também é uma paixão. Sempre que você tem alguma emoção específica com relação a determinadas coisas, ali há uma paixão.

Agora, repare se você não faz a sua busca da elevação espiritual apaixonadamente? Veja se não faz uma elevação espiritual porque acha que deve fazer. Isso é uma emoção. Se não faz porque acha que será melhor para você. Isso também é uma paixão. Se não está achando que não deve sofrer ou se o realizar lhe traz felicidade. Isso é outra paixão.

O que estou lhe perguntando é como quer se libertar das paixões se ainda mantém a paixão por se libertar delas? Isso é impossível.

Esse é outro detalhe que vocês precisam trabalhar. Devem fazer a elevação espiritual não porque é o melhor, porque é o certo, porque gosta disso, porque acha importante. Deve fazer sem nenhuma destas emoções, ou seja, fazer porque está fazendo. Fazer porque a sua vida vive nesta gira, nesta seara.

Você é uma pessoa que por qualquer motivo, isso não importa, está inserida no contexto de busca espiritual. Portanto, isso faz parte da sua vida e apenas por este motivo deve realizá-la e por mais nenhum. Agora, outras pessoas não têm a menor preocupação com isso. Elas têm a vida delas e vivem do jeito que as suas vidas correm.

Portanto, não faça porque é o melhor, porque é o certo, mas sim porque a sua vida está vibrando neste assunto, nesta busca. Vivendo dessa forma, não importa se consegue ou não, não sofrerá. No entanto, enquanto achar que ter esta realização é o certo, o bom, o melhor, sabe o que acontecerá? Cobrará resultados do seu trabalho.

Quem entra num processo buscando o melhor para si, espera que isso aconteça. Vai que o resultado não seja realmente o melhor para você, como viverá?

Estou falando assim porque apesar de dizer que está buscando se afastar das coisas materiais, a sua mente continua sabendo o que é melhor para você. Tendo esta consciência, ela usará isso para julgar o resultado do trabalho da elevação espiritual que será ela mesmo que realizará e determinará o fim.

Fazer a elevação espiritual com paixão é esperar determinados resultados. Neste caso, me desculpe, mas pouco importa qual seja o resultado, não há elevação alguma, pois você ainda está preso a uma intencionalidade.

Portanto, para que não sofra com esta questão, faça por fazer, quando fizer. Quando não fizer, não fez. Se fizer, faça sem esperar resultados, sem posse. Assim não terá motivos para sofrer, nem por estar sofrendo.

Enquanto estiver fazendo porque acha bom e certo, esperará um resultado, que não é sofrer. Se este sofrimento vier, por fazer parte da provação, do processo de elevação, ele precisa vir sempre, sofrerá por estar sofrendo.

Falo isso porque (...) o seu sofrimento é o sofrer por não conseguir acabar com ele. Porque isso aconteceu? Porque trabalhou com paixão, posse e desejos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário