SINTONIA . CONHECIMENTO DIRETO . CELEBRAÇÃO fortalecimento interno . consciência . integração . agni@agni-ec.com.br


quarta-feira, 19 de agosto de 2015

"EU SOU"
(extrato cap 1. Livro de Ouro de Saint Germain . Ponte para a Liberdade)

A Vida, manifestada em todas as suas dimensões, é Deus em Ação.
A humanidade interrompe a fluência desta Perfeita essência da Vida, unicamente pela falta de conhecimento na forma de ajustar o pensamento e o sentimento. Não fosse isto, A Perfeição da Vida se expressaria naturalmente por toda a parte.
Assim como o Sol irradia indistintamente sua luz e calor para todos,  a tendência natural da Vida é,  indiferente de quem d’Ela faz uso, movimentar-se para manifestar cada vez mais sua Perfeição, em amor, paz, beleza, harmonia, opulência.
O ser humano é quem impede pelas suas limitações....
“‘EU SOU’ é a atividade desta Vida.”
Quando dizemos e sentimos ‘EU SOU’, abrimos a porta ao escoamento natural da Vida.
Quando dizemos ‘Eu não Sou’, fechamos a porta diante desta Poderosa Energia.
‘EU SOU’ é a plena atividade de Deus, sua primeira expressão na individualização.
‘EU SOU’ é a primeira expressão de todo indivíduo ao reconhecer Sua Própria Divindade.
O estudante deve exercer severa vigilância sobre seus pensamentos e suas expressões, por palavras ou de qualquer outra maneira.
A cada momento que diz ‘Eu não sou’, ‘Eu não posso’, ‘Eu não tenho’, o estudante está, consciente ou inconscientemente, sufocando esta ‘Grande Presença Interior’, está movimentando uma poderosa e ilimitada energia que continuará a agir, a menos que seja transmutada e a imperfeição consumida.
Isto nos mostra o enorme poder que possuímos para qualificarmos esta Poderosa Energia de Deus. Pensamentos desgovernados, emitidos por ignorância, prendem  os seres ‘ad infinitum’ à roda das encarnações.
Podemos ver assim, quão importante é para nós sabermos o que estamos fazendo quando, irrefletidamente, usamos expressões errôneas, porque sempre estamos usando o mais divino princípio de atividade do Universo _ ‘EU SOU’.
A humanidade, através dos tempos, ao longo de sua atividade exterior errônea, começou gradativamente e cada vez com mais intensidade, a aceitar algo em grau inferior ao ‘EU SOU’.
Por exemplo, quando o ser diz ‘Eu estou doente’, está justamente invertendo o Princípio de Vida que é por natureza, todo Perfeição, imprimindo-lhe assim, por sua voluntária ignorância, alguma coisa que ele originariamente nunca possuiu, pois a sua Divindade é Perfeita, plena de Vida e Saúde.
Desta forma, através de longos séculos de obstinada ignorância e incompreensão, a humanidade vem carregando a própria atmosfera ao seu redor, com falsidade e ilusão, pois quando repete ‘Eu estou doente’,  está firmando uma flagrante falsidade em relação à sua Divindade, que jamais pode ser senão Perfeita, plena de vida e Saúde.
O estudante que deseja se libertar, deve cessar de empregar estas expressões falsas!
Quando verdadeiramente ele reconhecer e aceitar a Poderosa Presença de Deus, em si próprio, positivamente não há mais condições adversas.
Se o estudante conceder poder a condições adversas, pessoas lugares ou coisas, e, a cada momento começar a dizer ‘Eu estou doente’, ‘Eu estou arruinado’, ‘Eu não estou me sentindo bem’, deve inverter imediatamente esta condição, fatal ao seu progresso!
Deve declarar mentalmente, mas com todo a intensidade do seu ser _ EU SOU EU SOU A DIVINA PERFEIÇÃO _ que é toda saúde, opulência, perfeição, felicidade, paz e poder de reconhecer a Perfeição em toda parte!
Quando o estudante pensa na expressão ‘EU SOU’, significa que sabe que tem Deus em Ação manifestando-se em sua vida.

“Não deixe que aquelas expressões falsas continuem a limitá-lo! Lembre-se continuamente: “EU SOU’ Deus em Ação; “EU SOU” Vida, Opulência, manifestadas em minha vida já!"


Nenhum comentário:

Postar um comentário