SINTONIA . CONHECIMENTO DIRETO . CELEBRAÇÃO fortalecimento interno . consciência . integração . agni@agni-ec.com.br


quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

'QUE A NATUREZA NATURAL DA MINHA PRÓPRIA VIDA FLUA EM MIM'

Vi com grande certeza que nestes tempos de pós-modernismos, de interligação global pela internet, de aceleração da informação, de avanços na tecnologia com a biogenética e nanotecnologia, enfim nos tempos atuais, a única saída para o ser humano permanecer em equilíbrio é voltar-se para dentro de si... para este radar que existe em seu interior, que pode lhe dar o Norte mais verdadeiro, e que, através da sua intuição pode trazer um discernimento mais profundo sobre si e suas circunstâncias.

Nestes tempos onde o virtual, os simulacros, as aparências, crescem vertiginosamente fazendo o indivíduo perder o senso de sua identidade, as referências de lugar e de grupo, passando a estar sujeito a uma ‘tsunami’ de estímulos e informações de toda ordem que o impulsionam a agir de qualquer forma e cada vez mais rápido, nestes tempos, o ser humano precisa com urgência encontrar uma forma de se manter como ‘ser’ e não vir sendo fragmentado, despedaçado, triturado pelo massacrante ritmo da sociedade moderna.

Reforçou-se em meu interior a certeza de que só o encontro consigo mesmo, só a manutenção deste contato forte, pode assegurar que o ser mantenha-se íntegro, vivendo dentro da panela de pressão do mundo atual.

Porém, vi também que a força deste contato consigo mesmo, para ali encontrar as referências mais verdadeiras de si mesmo, depende do grau de validação que o individuo confere a si mesmo e a este ‘saber’, a esta ‘vitalidade’ que existe dentro de si mesmo.

Então, vi que esta ’vitalidade’ só é possível de permitir, que este saber interior só é ouvido e obedecido, que esta intuição maior só pode fluir mais além de qualquer orientação e estímulo externo vindo da religião, da sociedade, da família de onde quer que seja _ este forte e verdadeiro contato interior só é possível quando o indivíduo valida a si mesmo, gosta de si, é seu aliado, respeita e admira a si mesmo, enfim possui boa qualidade de amor próprio...


“Libere a qualidade de vida que há em você; permita fluir a vida que há em você... deixe de impedir...

Ao invés de querer estar sempre certo, ter sempre razão, ser sempre o dono da verdade, correr atrás da fama e de querer ganhar sempre....Ao invés de querer ter sempre prazer, querendo que você seja sempre satisfeito, seja sempre atendido...Ao invés de sempre querer mais, estar sempre ligado às posses, eu sei , eu estou certo... eu gosto, eu desgosto, eu amo, eu desamo...é meu, é do outro, quero mais...

Libere as amarras que impedem o fluir... Permita que o rio da vida flua...é só permitir!
Basta de represar! Basta de interceptar! Basta de conjecturar!
É permitir que a natureza natural flua!
Que a sabedoria natural aja!
Que a beleza natural se revele!
Que a ordem natural se estabeleça!
Que a verdade natural se manifeste!
Natural?!? Natural é a vida! E o que você faz com ela?! E o que você faz por ela?! Deixe a vida viver...No aqui e agora! Sem mais!!!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário