SINTONIA . CONHECIMENTO DIRETO . CELEBRAÇÃO fortalecimento interno . consciência . integração . agni@agni-ec.com.br


domingo, 24 de fevereiro de 2013


No final o que resta é a coragem
Dhyan Rasul
 
Muitos me perguntam sobre o processo espiritual: "O que ainda necessito para encontrar a liberdade?" Coragem é a resposta. Coragem é o caminho e coragem é a resposta. A jornada espiritual é uma jornada rumo ao desconhecido. Você não sabe  o que irá encontrar pela frente. Obviamente, você pode imaginar um milhão de coisas, mas nenhuma delas corresponde ao seu verdadeiro desenvolvimento.
Em primeiro lugar, é preciso coragem... coragem para enfrentar os seus demônios, sua sombra, sua face mais sórdida e fria. Todos queremos encontrar a face de Buda refletida em nós mesmos. Queremos encontrar a face de Cristo pulsando em nós mesmos, mas – sob hipótese alguma – não queremos encontrar o tirano que carregamos escondidos em nossos corações.
É preciso muita coragem neste caminho. Sem essa energia você não irá muito longe. Provavelmente, diante da primeira prova, do primeiro testeirá desistir. Então, é fundamental que você deixe a sua coragem transbordar e mesmo que você se considere um covarde saiba: isso não é uma desculpa. Não é preciso adquirir a coragem. A própria visualização do medo, por si mesma, é coragem. A palavra coragem está ligada, etimologicamente, à palavra coração. Ambas possuem a mesma raiz. Então, este é um caminho a ser trilhado pelo coração e não pela mente ou pelo pensamento. Este é um caminho que exige uma enorme coragem e determinação. Você está em busca do mais fantástico de todos os tesouros: você mesmo, sua essência búdica ou crística, chame-a como quiser.
O ser humano é bastante curioso. A despeito daquilo que ele escolheu para si mesmo, essa escolha sempre parte da linha de menor resistência.
Não queremos muito trabalho. Odiamos o desconforto. Queremos ler livros inspiradores, encontrar mestres carismáticos, viajar a lugares sagrados mas não queremos penetrar nesta batalha incessante em busca de nós mesmos.
O universo o deseja tanto! O universo deseja tanto a sua realização!
Você não faz a menor idéia. Você anda ocupado demais com os seus pequenos e miseráveis problemas ou conflitos do cotidiano. Esta é a linha de menor resistência. Para que dedicar meu tempo a uma inquirição, a uma busca cujo destino sequer imagino... Entenda: é a coragem – tão somente a coragem – que poderá manter acesa a chama desta inquirição. Se a sua busca surge a partir da curiosidade, esta curiosidade não o permitirá mergulhar nos mistérios da vida. Se a sua busca parte da dor que está sentido neste momento, tão logo esta dor passe, a sua busca irá por água abaixo. É preciso muito mais.
O que você está procurando, afinal? Esta é uma pergunta significativa.
Você está procurando uma vida melhor? Você está procurando o paraíso? Uma aposentadoria iluminada? Nada disso é real, sinto dizer. Você está procurando algo inacessível à mente e aos sentidos. Você está procurando aquilo que revela a mente e os sentidos. Por isso a determinação é fundamental.
Inúmeras respostas surgirão ao longo do caminho. Você viverá momentos de êxtase e glória. Terá um ou outro "insight", alguns mais profundos, outros nem tanto. Mas nada disso é a resposta. Você é o buscador. Você é o caminho e você é a resposta. Não se trata de um enigma. Estou lidando com os fatos e o fato fundamental é: pela primeira vez em sua vida, você encontrou algo além do seu alcance.
O caminho espiritual é o caminho dos espinhos e não o caminho das flores. Por isso digo: nele, todas as suas fraquezas serão colocadas à prova. Todas as suas dúvidas e questionamentos serão trazidos para a superfície. Toda a sua desonestidade será desmascarada.
Esta é uma grande oportunidade! Não há outro caminho para o crescimento e somente aqueles que desenvolveram a coragem encontrarão o seu próprio ser, sua própria nudez, sua própria bem-aventurança.
Sim, diante de nossa nudez encontramos a bem-aventurança. Apenas diante de nossa nudez.
O indivíduo em conflito é um indivíduo que está coberto por uma grossa camada de mentira. Por isso digo: estamos em busca da liberdade e não existe liberdade maior do que aquela encontrada na nudez. Nada querer! Nada desejar! Nada exigir! Nada a escolher! Você está preparado? Este é  um chamado da vida, da mesma vida que o protege e quer.
Quando digo que no final restará apenas a coragem estou tratando de um  assunto essencial. A iluminação não é um estado onde você ficará protegido dos reveses da vida. A iluminação é apenas um encontro total e incondicional com a insegurança. É a completa aceitação da insegurança como único caminho para a liberdade ou, melhor dizendo, é a completa aceitação da insegurança como o próprio significado da liberdade.
A vida não negocia. Diante dela é tudo ou nada. Libertando-se de tudo você chegará ao nada. Diante do nada, tudo começará a transbordar de uma forma inteiramente nova, jamais imaginada. Jamais! Então, o que restará, a resposta que você tanto procurava é simples coragem de ser.
A mesma energia que o conduziu até o Amado é a mesma energia que o colocará frente a frente com uma existência impessoal e impermanente.
A mesma energia que o conduziu a Deus é a coragem que o permitirá seguir adiante sem nenhum questionamento ou dúvida. Bem vindo ao deserto da realidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário